Revestimento para cozinha - Veja 5 dicas para escolher o seu

Revestimento-para-cozinha---Veja-5-dicas-para-escolher-o-seu.

Atualmente a maioria das cozinhas não é apenas um lugar dedicado somente às refeições. É também um ambiente destinado ao lazer, e para longas conversas entre amigos e familiares. Por isso, o revestimento escolhido para o espaço deve ser funcional, oferecer conforto e transmitir personalidade. Pequenas mudanças podem transformar o comodo, deixando-o com um visual completamente diferente. Confira a seguir 5 dicas para escolher o modelo ideal para sua cozinha. Veja também Piso para cozinha – Quais os tipos mais indicados?

1. Defina o estilo do ambiente

A primeira etapa consiste em escolher o estilo de sua cozinha. Antes de escolher o revestimento em si, é preciso ter definido o seu estilo. Lembrando que ele deve conversar com os demais cômodos.

Moderno

Revestimento-para-cozinha---Veja-5-dicas-para-escolher-o-seu.

Texturas e cores diferentes se misturam mas sem exagero. O mármore e o metal ajudam a criar esse estilo.

Minimalista

Revestimento-para-cozinha---Veja-5-dicas-para-escolher-o-seu.

Em geral, esse estilo prioriza linhas retas, sem muitos detalhes e cores neutras. É possível criar contraste entre preto e branco ou, entre madeira e tons claros.

Industrial

Revestimento-para-cozinha---Veja-5-dicas-para-escolher-o-seu.

Esse estilo prioriza cores sóbrias, tubulações e texturas simples e  aparentes. O cinza e o concreto são ótimas opções para compor esse formato. É possível criar um contraste entre o cinza e cores mais vibrantes como o amarelo.

Vintage

Revestimento-para-cozinha---Veja-5-dicas-para-escolher-o-seu.

O estilo vintage engloba algumas épocas: 1920 aposta em tons pasteis e pisos de madeira ou azulejo. Já os anos de 1960 retrata os tons mais vibrantes como o verde, azul, vermelho e amarelo nas paredes e os ladrilhos para o piso.

2. Defina o local que será transformado

Após encontrar seu estilo, defina o local que será transformado:

Piso

Para escolha ideal do piso, é necessário verificar se:

  • O uso da cozinha será frequente e intenso?
  • Há crianças ou idosos na residência?

Caso algumas das respostas seja positiva, é necessário escolher um revestimento com maior resistência e segurança.

Parede

Assim como o piso,o revestimento da parede possui a mesma função. Locais com muita frituras e fluxo intenso pedem revestimentos fáceis de limpar e resistentes.

3. Defina quanto pode gastar

Caso o seu orçamento não seja grande, aposte em revestimentos mais baratos como o azulejo, a cerâmica, a pastilha e em alguns casos o porcelanato. Eles possuem um ótimo custo benefício. Porém se está disposto a gastar dinheiro, invista em revestimentos mais requintados como as pedras naturais.

4. Escolha o revestimento

Após definir o estilo, local e orçamento chegou a hora de escolher o revestimento ideal. Atente-se as necessidades de sua cozinha e sua rotina. Escolha sempre marcas de qualidade e confiáveis.

5. Escolha um bom profissional

A quinta dica é uma das mais importantes. A escolha de um bom profissional arquiteto e design só traz benefícios para você!

  • Economize dinheiro;
  • Evite dores de cabeça;
  • Garantia de um resultado satisfatório.

Você só tem a ganhar investindo em um bom profissional. Saiba mais e entre em contato. Faça seu orçamento gratuitamente!

0 Gostei
0 Não gostei