Rodapé Embutido - Vantagens e Desvantagens

Rodape embutido vantagens e desvantagens

Hoje vamos falar sobre uma característica de projeto que vem ganhando muitos seguidores apaixonados pelo visual clean, prático e moderno, o rodapé embutido! Mas afinal, o que é um rodapé embutido?, onde posso usar?, quais são as vantagens e desvantagens desse modelo? Vamos te explicar tudo isso e muito mais. Continue vendo nossas dicas. Veja também sobre Casa cinza – Veja dicas de como usar essa cor

Tudo sobre Rodapé Embutido

O que é e onde usar?

Rodapé Embutido nada mais é do que o acabamento do piso embutido na parede, ou seja a instalação é feita junto ao reboco, assim o rodapé fica rente a parede e não com aquela borda como o rodapé convencional.

Rodape embutido vantagens e desvantagens

O modelo embutido é uma versão ideal para pisos frios, como cerâmica e porcelanato, trazendo um acabamento e sensação de continuidade entre rodapé e parede, sem diferença de nível.

Vantagens e Desvantagens

Vantagens

  • Mesmo Nível: Esse é um dos principais pontos positivos desse modelo. Ele cria uma  sensação de continuidade entre acabamento e parede, além de aproveitar melhor o espaço;
  • Praticidade na Limpeza: Quem está cansado de limpar os cantinhos do rodapé? Com esse modelo, você não precisa perder tempo já que o rodapé embutido não acumula poeira;  
  • Visual: Criar um toque moderno no ambiente.

Desvantagens

  • Desgaste da Parede: O mesmo ponto considerado positivo pode ser negativo dependendo do ponto de vista. Como o rodapé fica rente a parede, o atrito entre móveis é maior, podendo ocasionar desgastes na pintura;
  • Instalação: O processo de instalação acaba sendo um ponto negativo, pois necessita de uma preparação especial na parede, consequentemente demandando mais tempo de obra;
  • Custo: Outro ponto que pesa como desvantagem do modelo embutido é o custo, já que pedreiros e azulejistas costumam cobrar a instalação do modelo embutido a parte, devido a complexidade.

Como fazer um rodapé embutido?

Vale lembrar que a instalação deve ser feita por profissionais. O processo de instalação do rodapé embutido funciona da seguinte forma:

  • O primeiro passo é definir a altura e espessura do rodapé, após a escolha do piso;
  • Passe as medidas do piso e do rodapé para o pedreiro ou azulejista que fará a instalação;
  • Após a preparação da parede, o rodapé deve ser instalados no espaço sem o reboco, ele deve ficar rente a parede;
  • Em seguida basta finalizar com rejunte entre as peças e finalizar o processo de pintura da parede.

Tipos de materiais

Cerâmica 

cerâmica

Essa é uma opção econômica, prática e com visual lindo. Uma dica para manter o visual mais agradável e harmônico, é instalar o rodapé seguindo o rejunte do piso, assim, dará a ideia de continuidade entre piso e rodapé.

Porcelanato

Porcelanato

Uma dica legal é diferenciar a cor do rodapé com o piso, criando uma espécie de moldura entorno do piso e dando enfase para o rodapé.

Gostou das dicas? Curta e Compartilhe com os amigos! Está pensando em construir ou reformar? Contrate um profissional arquiteto para te auxiliar em todos os processos. Conheça o trabalho!. Entre em contato! Orçamentos gratuitos para todo o Brasil.

0 Gostei
0 Não gostei